quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Enciclopédia TPT: Letra A


Esta é a primeira parte de uma série especial chamada Enciclopédia TPT. Nela, vamos trazer um pouco de informação e curiosidades sobre termos - de nomes de pessoas a lugares - relacionados ao universo de Tintim e Hergé. Será impossível falar tudo sobre tudo, mas pelo menos o essencial sobre cada item será tratado aqui. Conto com sua colaboração para reunir, de A a Z, o máximo de verbetes para nossa enciclopédia tintinóloga, a primeira em língua portuguesa.

Abdallah: Filho mimado e hiper-ativo do Emir Ben Kalish Ezab, teve sua aparência inspirada no rei Faisal II, do Iraque. Sua estreia aconteceu no álbum "No País do Ouro Negro", quando o menino foi sequestrado pelo Dr. Müller. O herdeiro de Khemed tem um "carinho" especial pelo Capitão Haddock, a quem chama de "Mil Raios" e sempre tem uma peça a pregar. Também apareceu em "Perdidos No Mar", e foi citado nos álbuns "Rumo à Lua", "Tintim no Tibete" e nos esboços de "Tintim e a Alfa-Arte". Mais sobre o personagem neste link.



Abd El Drachm: (imagem à esquerda) Membro da organização de Omar Ben Salaad, aparece na página 51 do álbum "O Caranguejo das Tenazes de Ouro".

Abdul: (imagem à direita) Empregado do Dr. Müller, que tenta matar Tintim em "No País do Ouro Negro". Aparece pela primeira vez na página 43.

Abud-Bin-Dun: Cabo do Exército que obriga Tintim a se alistar, sob o nome de Ali-Bhai. Aparece no último quadrinho dá página 25 do álbum "Os Charutos do Faraó".

Achmed: (imagem à esquerda) Subordinado ao Tenente Delcourt em "O Caranguejo das Tenazes de Ouro", faz sua primeira aparição na página 33 do álbum.

Ahmed: 1. Capanga do Prof. Smith ("No País do Ouro Negro", pg. 24); 2. Empregado do Emir Ben Kalish  Ezab ("No País do Ouro Negro", pg. 36; "Perdidos no Mar", pg. 30); 3. Coronel sob o comando de Mull Pasha ("Perdidos no Mar", pg. 27).

Aïcha: Guepardo do Emir Ben Kalish Ezab, que tenta devorar Milu em "Perdidos no Mar" (página 30), mas acaba não se dando muito bem.

Al Capone: Gângster americano que aparece pela primeira vez na primeira página do álbum "Tintim na América". É o único personagem do mundo real que tem seu nome mencionado nas aventuras criadas por Hergé. Baseado no famoso criminoso Alphonse Capone (1899-1947), também conhecido como Scar Face (por causa de sua cicatriz no rosto). Citado pela primeira vez em "Tintim no Congo", o "Rei dos Gângsters de Chicago" planeja se livrar de Tintim depois que o repórter atrapalha seus planos. Saiba mais sobre a participação do personagem neste link.


Alcazar, General: General do exército de San Theodoros e arqui-inimigo do General Tapioca, luta pela liderança do pequeno país sul-americano desde "O Ídolo Roubado". Aparece também nos seguintes álbuns: "As 7 Bolas de Cristal", com o pseudônimo Ramon Zarate (um atirador de facas); "Perdidos no Mar", em uma pequena participação; e "Tintim e os Tímpanos", desta vez mais jovial e disposto a retomar o poder. É casado com a dominadora Peggy e torna-se amigo de Tintim, com quem gosta de jogar xadrez.

Alcazarópolis: Nome da capital de San Theodoros após o retorno do General Alcazar ao poder. Originalmente chamada Las Dopicos, a cidade foi nomeada Tapiocápolis após o golpe de estado do General Tapioca. A imagem da capital antes e depois da mudança de poder funciona bem como crítica política à ditadura nos países sul-americanos.

Alfa-Arte: Arte com o alfabeto, criada pelo jamaicano Ramo Nash na aventura não-finalizada de Hergé, "Tintim e a Alfa-Arte". Saiba mais sobre a Alfa-Arte neste link.

Alfred Halambique: Irmão gêmeo de Nestor Halambique, ele é uma peça-chave de um plano para derrubar o rei da Sildávia, no álbum "O Cetro de Ottokar". Diferente do irmão, ele não fuma e não usa óculos.

Alfredo Topolino: (imagem à direita) Cientista especializado em ultra-som, mantinha contato com o Prof. Girassol para falar sobre suas descobertas até ser alvo de criminosos, no álbum "O Caso Girassol".

Ali Ben Mahmud: Tutor de Abdallah, foi ele quem alertou o Emir do desaparecimento de seu filho, na página 36 do álbum "No País do Ouro Negro".

Allan Thompson: Experiente marinheiro, o mercenário aparece pela primeira vez em "Os Charutos do Faraó" (versão redesenhada). Como imediato em "O Caranguejo das Tenazes de Ouro", trai o Capitão Haddock para usar o navio Karaboudjan no transporte de drogas até o Oriente. Sua falta de escrúpulos o leva a traficar escravos no navio Ramona em "Perdidos no Mar", associado ao vilão Rastapopoulos, com quem tem um fim misterioso no álbum "Voo 714 para Sydney".

Alonso Perez: (imagem à direita) Comparsa de Ramon Bada, vem de San Theodoros em busca do fetiche Arumbaya, no álbum "O Ídolo Roubado".

Alvarez, Coronel: (imagem à esquerda) Aliado ao General Tapioca, aparece pela primeira vez na página 12 de "Tintim e os Tímpanos". É um capacho que muda de lado assim que Alcazar retorna ao poder.

Álvaro: Nome usado por Tintim como disfarce para entrar na casa do Prof. Smith (Dr. Müller), em "Tintim no País do Ouro Negro". De peruca e óculos escuros, o repórter fingiu ser um sobrinho órfão do comerciante português Oliveira da Figueira.

Anatole, tio: Personagem que não chega a dar as caras, mas é mencionado em duas ocasiões por Serafim Lampião: em "O Caso Girassol" e no inacabado "Tintim e a Alfa-Arte". Apenas pelas palavras de seu sobrinho, sabemos que o tio Anatole é um barbeiro, um bon vivant e um grande piadista...

Andy Serkis: Ator britânico que interpretou o Capitão Haddock no filme "As Aventuras de Tintim" (2011), na versão em captura de movimentos do personagem. Também conhecido por emprestar sua atuação a personagens como o gorila gigante do filme "King Kong" (2005), o Gollum (sagas "O Senhor dos Anéis" e "O Hobbit") e o chimpanzé César ("Planeta dos Macacos: A Origem").

Andy Warhol: Artista norte-americano e defensor do movimento "pop-art", foi um dos admiradores de Hergé, a quem teve o prazer de conhecer na década de 1970. Saiba mais sobre a relação entre os dois artistas neste link.

Encontro de Hergé, criador de Tintim, com o artista Andy Warhol.

André: Diretor de televisão que vai ao Castelo de Moulinsart gravar uma entrevista com Bianca Castafiore, no álbum "As Jóias da Castafiore". Sua aparência é claramente inspirada em Jacques Cogniaux, diretor de TV contemporâneo de Hergé.


André Barret: Produtor e roteirista dos dois longa-metragens com atores reais baseados na obra de Hergé, "Tintin et le Mystère de la Toison D'Or" (1961) e "Tintin et les Oranges Bleues" (1964).

Archibald: Primeiro nome do Capitão Haddock, foi citado pela primeira vez em "Tintim e os Tímpanos", e logo mais no álbum inacabado "Tintim e a Alfa-Arte".

Aristides Filigrana: Também conhecido como Aristides Silk (seu nome em inglês) e Filoselle (em francês), este funcionário público aposentado aparece em "O Segredo do Licorne" como um exímio batedor - e colecionador - de carteiras. O punguista, que também aparece na mais recente adaptação de Tintim para os cinemas, chega a roubar até mesmo a carteira do repórter, além de várias dos detetives Dupondt...

Arturo Benedetto Giovanni Giuseppe Pietro Arcangelo Alfredo Cartoffoli: Rico milanês que ajuda Tintim e Haddock em uma fuga de automóvel no álbum "O Caso Girassol" (página 38). Em português, seu nome seria "Artur Bento João José Pedro Arcanjo Alfredo Cartoffoli.

Arumbaya: Tribo fictícia nativa da América do Sul e nome dado ao cobiçado fetiche de madeira que aparece no álbum "O Ídolo Roubado". A tribo foi inspirada nos índios Wayanas, da Guiana Francesa, e o ídolo foi baseado numa estátua pré-colombiana que Hergé conheceu no Museu Real de Arte e História de Bruxelas. Os índios Arumbayas também podem ser vistos em "Tintim e os Tímpanos", quando ajudam o General Alcazar na revolução contra o General Tapioca.

Clique nas imagens para ampliar.

Aurora: Navio polar usado na expedição em busca do meteorito que atingiu o Ártico, no álbum "A Estrela Misteriosa".

O navio Aurora.

:: Extra - Insultos do Capitão Haddock:

Aborígene; Aerolito; Alcachofra; Alcóolatra; Anacoluto; Analfabeto; Anfitrião; Animal; Antropófago; Antropóide; Apache; Arlequim; Asteca; Astronauta; Autocrata; Autodidata...

Todas as imagens utilizadas são de propriedade de © Hergé/Moulinsart S.A.
Compartilhe:

5 comentários:

  1. muito legal a ideia da Enciclopédia

    ResponderExcluir
  2. Não só legal, trabalhosa também. Parabéns, Britto, pela criatividade, pelo bom trabalho e principalmente pela paciência. :)

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho um dicionário magnífico sobre a obra de Tintin, em língua francesa. Deve ter conhecimento desse livro, claro, uma vez que é um clássico para qualquer tintinófilo que se preze. Será uma boa ajuda para o que pretende fazer.

    ResponderExcluir
  4. Mais uma vez excelente trabalho!! Não vejo a hora de ler os próximos capítulos!

    ResponderExcluir
  5. Sensacional, belo trabalho! Aguardo ansioso as outras letras hehe.

    ResponderExcluir

Fique à vontade para soltar o verbo, marujo!

Translate

Veja também

Veja também
Site oficial de Tintim

Arquivo TPT