domingo, 25 de outubro de 2015

Tintim no Cinema: O Caso Girassol

O Caso Calculus (L'Affaire Tournesol) é um filme de animação baseado no álbum "O Caso Girassol" e lançado em 1964. Trata-se, originalmente, de uma série dos estúdios Belvision em episódios curtos, agrupados em um único longa-metragem. Com aproximadamente 60 minutos de duração, o filme tem direção de Ray Goossens e roteiro de Charles Shows. Nunca foi lançado no cinema.

Sinopse

Vasos, janelas, vidros... em uma noite de tempestade, tudo está se partindo em pedaços no Castelo de Moulinsart. Seria a máquina de ultrassom do  Prof. Girassol a origem desses acontecimentos estranhos? Se o invento cair em mãos erradas, será um desastre. O único outro cientista que conhece o projeto, Prof. Bretzel, é sequestrado por agentes da Sildávia. Em viagem a Genebra, o Prof. Girassol é desaparece misteriosamente. Cabe a Tintim, Milu e Haddock partir em sua ajuda. Mas eles não estão fora de perigo...

Histórico

O título faz parte da série de TV  Les Aventures de Tintin, d'après Hergé. Foi dirigido por Ray Goossens (na foto, ao lado de Raymond Leblanc), roteirizado por Charles Shows e produzido pelos estúdios Belvision entre 1958 e 1963.

Como filme, "O Caso Calculus" reúne os 13 capítulos de 5 minutos que compõem o sétimo e último grupo de episódios, baseado no álbum "O Caso Girassol". Os capítulos foram grupados pela primeira vez para um lançamento em VHS.

Filme x Álbum

O roteiro faz várias alterações na história criada por Hergé. O filme exclui alguns personagens e modifica a essência - e até os nomes - de outros. Por exemplo: Serafim Lampião simplesmente deixa de existir; o Professor Topolino vira Bretzel e o Coronel Sponz, Brutel (ambos têm a aparência bem diferente dos quadrinhos); os dos detetives Dupond e Dupont ganham uma maior participação na trama, além de ter a aparência dos bigodes idêntica (e um helicóptero!); o Capitão Haddock troca o vício em uísque por café; não é feita qualquer menção à surdez do Prof. Girassol, que declara que sua pátria é a Sildávia - algo nunca confirmado por Hergé.


Opinião

Não há muito o que dizer sobre esta adaptação. Bom, pelo menos nada muito positivo. A animação é pobre, o que pode ser perdoado pelo fato desta ser uma produção para a TV da década de 60 feita fora dos EUA. O ano de produção poderia ainda justificar outras falhas, mas não o faz. O mínimo não foi feito: simplesmente não respeitaram a obra original. Hergé escreveu uma trama de guerra fria muito bem-elaborada, mas alterações desnecessárias tiraram o brilho do enredo. É clara a tentativa de "modernizar" as coisas, mas parece que a única forma encontrada para isso foi colocando um helicóptero onde fosse possível. Essa liberdade narrativa foi o que mais prejudicou a adaptação. O  roteiro tem pouco ritmo e a trilha sonora é anti-climática, simplesmente não funciona - quando aparece. Falta originalidade e graça, literalmente.


É claro que não vamos ser injustos: as circunstâncias, como a época, o local e os recursos de produção não favoreceram o filme. No formato original, eles só tinham 5 minutos para prender a atenção do público e ainda garantir que voltassem no próximo episódio, o que certamente prejudicou o resultado da obra (que não foi feita para ser um filme).

Em resumo, não é um filme bom para quem espera uma adaptação fiel à obra de Hergé - e nem para quem nunca leu o álbum. Contudo, vale a pena para quem quer conhecer uma das primeiras adaptações de Tintim para a TV, ou adicionar um item à sua coleção.


Curiosidades

:: A versão dublada em português não traduziu o nome do personagem-título, Girassol, para chamá-lo de professor "Calculus", conforme a tradução inglesa.

:: Além de mudar de nome, a história do Prof. Topolino, agora Bretzel, parece pegar carona em uma trama de "O Cetro de Ottokar", a dos irmãos Halambique - em que um gêmeo mau substitui o bom como parte de um plano maquiavélico.

:: Tintim tem uma carteirinha de membro do Club Tintin, que não nos revela seu nome completo.


:: O filme foi lançado em DVD no Brasil pela PlayArte em 2012 - saiba mais. Também já foi exibido por aqui nos canais HBO Family e TV Cultura.

:: A série original foi dividida em 13 capítulos:

L'éclair maléfique
Rayon "S"
Dans l'enfer
Rapt à l'ambassade
Le plongeur de la mort
Traqués
Panique à l'opéra
Course contre le feu
L'impasse
Branle-bas à la forteresse
Le feu aux poudres
L'évasion
Vers la liberté

.: A versão dublada em português mais uma vez resgatou as vozes clássicas da série da Nelvana:

Francês:
Tintim - Georges Poujouly
Capitão Haddock - Jean Clarieux
Professor Girassol - Robert Vattier
Dupont e Dupond - Hubert Deschamps
Milu - Roger Carel
Bianca Castafiore - Lita Recio

Inglês:
Tintim - Dallas McKennon ou Larry Harmon
Professor Girassol - Dallas McKenno
Demais personagens - Paul Free

Português:
Estúdio: De La Riva Studios
Elenco:
Tintin: Oberdan Jr.
Capitão Haddock: Isaac Bardavid
Professor Calculus: Orlando Drummond
Dupont: Darcy Pedrosa
Dupond: Márcio Simões
Coronel Brutel: Pietro Mário
Professor Breztel: Miguel Rosenberg
Bianca Castafiore: Geisa Vidal
Inspetor de polícia: Mauro Ramos
Diretor da prisão: José Santa Cruz
Apresentador de telejornal: Guilherme Briggs
Locutor: Pádua Moreira
Outras vozes: Carlos Seidl, Francisco José, Guilherme Briggs, Mauro Ramos, Miguel Rosenberg, Pietro Mário
Com informações do fórum Dublanet.
Compartilhe:

0 comentários.:

Postar um comentário

Fique à vontade para soltar o verbo, marujo!

Translate

Veja também

Veja também
Site oficial de Tintim

Arquivo TPT