quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Jean-Pierre Talbot: Ele foi Tintim no cinema

Imagine chegar para o primeiro dia de aula na quarta série (quinto ano) do ensino fundamental e, ansioso para conhecer o novo professor, dá de cara com Tintim. Essa foi a emoção que muitas crianças por volta dos anos 60 e 70 puderam experimentar ao descobrir que seriam ensinadas por Jean-Pierre Talbot. Quem é esse? - alguns tintinófilos brasileiros talvez perguntem... Ninguém menos que o primeiro ator a interpretar Tintim no cinema, e o único a atuar como o jovem repórter em dois filmes com atores reais.

Uma breve biografia

Jean-Pierre Talbot nasceu em 12 de agosto de 1943 em Spa, na Bélgica. Ainda adolescente, em 15 de agosto de 1960, sua vida mudou. Ele era instrutor de esportes do acampamento de férias Groupe des Dauphins (Grupo dos Golfinhos), na praia de Ostende, quando foi descoberto pela produção daquele que seria o primeiro filme de Tintim com atores reais. Nos anos seguintes estrelou dois filmes no papel de Tintim: "Tintim e o Mistério do Tosão de Ouro" (1961) e "Tintim e as Laranjas Azuis" (1964).

JEAN-PIERRE TALBOT EM SUA PRIMEIRA APARIÇÃO NA TV

Atuou por 15 anos como professor e diretor na Ecole Libre Roi Baudoin, em sua cidade natal. Em 2007, publicou sua autobiografia, "J'étais Tintin au cinéma" (Eu fui Tintim no cinema), infelizmente nunca lançada por aqui, assim como os filmes.

Apaixonado por esportes, Jean-Pierre praticou tênis, esqui e foi faixa preta de judô. É o campeão europeu de Bike-Jöring, competição esportiva praticada em parceria com cães, ao lado de seu fiel cachorro Utah (foto à direita). Com uma filha e três netos, o eterno Tintim hoje é aposentado e vive em Spa com a esposa Diane, com quem é casado com há 50 anos.

Jean-Pierre voltou às telas apenas em 2011, a pedido de um amigo, no videoclipe da música "Caroline Baldwin", da banda Feel the Noïzz. No clipe, ele interpreta um personagem da série em quadrinhos homônima, o astronauta Frank White. Clique aqui para conferir.

Jean-Pierre em 2011, na première do filme "As Aventuras de Tintim".
Sobre os filmes

Tintim e o Mistério do Tosão de Ouro (Tintin et le Mystère de la Toison D'or) foi dirigido por Jean-Jacques Vierne e teve locações na França e em Istambul, Turquia. No filme, o Capitão Haddock (Georges Wilson) herda um navio que o leva à caçada por um valioso tesouro.

Tintim e as Laranjas Azuis (Tintin et les Oranges Bleues) teve direção de  Phillipe Condroyer e foi rodado na França e na Espanha. A trama acompanha o repórter e o Capitão (Jean Bouise) na tentativa de resgatar o Prof. Girassol, sequestrado junto com o cientista que criou as laranjas do título.


Ambos os filmes continuam inéditos no Brasil, mas foram publicados em formato álbum pela editora Record nos anos 1970, com textos e fotos ao invés de quadrinhos.

Um terceiro filme estava sendo planejado para em 1967, mas nunca saiu do papel.

A Entrevista

Apesar de não ser tão conhecido em terras tupiniquins, Jean-Pierre é aclamado em diversos países pelo que representa na história de Tintim. É um pouco mais dessa história que o Tintim por Tintim quer apresentar a você através da entrevista que será publicada neste fim de semana. Clique aqui e confira!
Compartilhe:

0 comentários.:

Postar um comentário

Fique à vontade para soltar o verbo, marujo!

Translate

Veja também

Veja também
Site oficial de Tintim

Arquivo TPT