sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Um pastiche oficial de Tintim


Em 25 de setembro de 1981, a revista "Tintin" lançou um número especial para comemorar seus 35 anos. O 316º volume da publicação apresentou uma série de pastiches de séries como Blake e Mortimer, Alix, Joana, João e o macaco Simão, entre outros. Mas um dos maiores destaques foi, sem dúvida alguma, uma adaptação de três páginas  de "O Templo do Sol", de Hergé, criadas por Rosinski e Van Hamme. A mini-aventura segue Tintim, o Capitão Haddock e Zorrino na jornada até o templo inca, trazendo um visual inovador para quem está acostumado com a linha-clara dos álbuns de Hergé. Confira clicando nas imagens abaixo:

   

Este é o tipo de trabalho que, na opinião deste tintinófilo, deveria ser feito se a Moulinsart e a Casterman realmente desejam publicar algo novo. Não tem a pretensão de substituir os originais de Hergé mas consegue surpreender com seus traços e cores atraentes e vibrantes. Pode não funcionar como continuidade da série, mas cai muito bem como homenagem, que é o máximo que pode ser feito em respeito ao legado do artista.

:: Em tempo: Para comemorar o centenário de Hergé, em 2007, o blog Adesso (em francês) corrigiu digitalmente as três páginas a partir de uma edição original da revista, e publicou online como "L'Arrivée au Temple du Soleil". O resultado pode ser visto na capa que ilustra o topo do artigo e também nas imagens abaixo - é só clicar e se deliciar:


Compartilhe:

0 comentários.:

Postar um comentário

Fique à vontade para soltar o verbo, marujo!

Translate

Veja também

Veja também
Site oficial de Tintim

Arquivo TPT