domingo, 3 de junho de 2012

Tintim bate mais um recorde milionário em leilão

Em leilão realizado no último sábado em Paris pela Artcurial, um desenho original de Hergé foi arrematado por um valos superior a R$ 3,3 milhões. A capa do álbum "Tintim na América", desenhado em 1932, foi vendida por um preço recorde: 1.338.509 euros.


A venda superou o recorde anterior de um leilão de quadrinhos, que era de março de 2008, quando a mesma peça foi vendida por 764 mil euros (R$ 1,9 milhões), disse à Agência Efe um porta-voz da Artcurial. A casa de leilões, que quis preservar o anonimato do comprador, já previa uma quantia muito superior ao recorde de quatro anos atrás, justamente por se tratar de uma das duas únicas capas originais das HQs de Tintim que estão em poder de colecionadores privados (existem cinco no total).

O desenho foi criado por Hergé para a primeira edição do álbum "Tintim na América", publicada inicialmente pelo suplemento "Le Petit Vingtième", do extinto jornal belga "Le Vingtième Siècle", e depois pela Casterman na edição francesa. A capa arrematada foi um dos diversos lotes de peças de Tintim leiloados ao longo deste sábado, 02/06, em Paris. O recorde foi destaque na imprensa internacional, incluindo a TV brasileira, como mostra o vídeo abaixo.


No total foram cerca de 300 objetos derivados da obra de Hergé, incluindo esculturas e por volta 80 álbuns de edições originais raras, entre elas títulos como "Tintim no País dos Sovietes", "Tintim no Congo", "Tintim e os Pícaros" e "Tintim no Tibete", em sua maior parte com dedicatórias do próprio Hergé. Atualização: veja os comentários do programa "Estúdio i", do canal a cabo Globo News:

Compartilhe:

Um comentário:

  1. Nossa que incrível! Se eu fosse rico tbm queria um desenho desses. rsrsrs

    ResponderExcluir

Fique à vontade para soltar o verbo, marujo!

Translate

Veja também

Veja também
Site oficial de Tintim

Arquivo TPT