sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Tintim no Congo: um dos autores deixa processo

Estava marcada para a última quarta-feira, 08 de dezembro, uma nova audiência sobre o "caso Tintim no Congo". A disputa entre Bienvenu Mbutu Mondondo e as empresas CastermanMoulinsart S/A pode resultar na proibição do polêmico álbum, ou pelo menos levá-lo a ser vendido com uma faixa de advertência (e na seção para adultos). Mas, de acordo com nota do site Expatica.com, a audiência foi adiada para a próxima semana, prolongando ainda mais a frustrante história que começou há três anos.

O motivo do adiamento foi a saída de um dos autores do processo. O artigo não revela o nome, mas entre a parte acusadora estavam, além de Mondondo, o também congolês Yves Okata e o CRAN, entidade europeia de defesa dos negros.

Na minha opinião, a saída mais improvável seria a de Bienvenu Mondondo. Mesmo que o resultado seja bastante previsível (ou alguém aposta numa surpresa?), o ex-contador congolês não desistiria do processo de uma hora para outra depois de tanto tempo. A menos que ele esteja convencido de que não conseguirá vencer as poderosas Moulinsart e Casterman, que têm grande influência na economia belga. A demora da Justiça na resolução do caso é prova suficiente de que há outros interesses envolvidos...
Compartilhe:

4 comentários:

  1. Também duvido que tenha sido o Bienvenu! Se ele já esperou tanto por esse resultado!

    ResponderExcluir
  2. Esse cara é um verdadeiro %$¨*(*&%!!!
    Eu li Tintin no Congo várias vezes e não consigo achar nenhum elemento racista! Ou é esse Bienvenu que é racista? Aposto que se proibirem Tintin no Congo esse %%$#%¨* vai enventar outra desculpa para proibirem outro HQ no Tintin... Esse cara é um cretino...

    ResponderExcluir
  3. É verdade... Esse Mondondo não vale um centavo se quer. Ele é que é racista. Sem dúvida!

    ResponderExcluir
  4. realmente isso é horrível... Eh Britto! Estava olhando umas postagens antigas e vi um comentário sobre os jogos eletrônicos onde tintin é protagonista, por que não fazer um especial sobre isso?

    ResponderExcluir

Fique à vontade para soltar o verbo, marujo!

Translate

Veja também

Veja também
Site oficial de Tintim

Arquivo TPT