segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Spielberg e Jackson falam sobre o enredo do filme

Na edição de dezembro, a revista britânica Empire promete trazer, além da capa com o Tintim dos cinemas, uma série de imagens dos personagens do longa. Também será possível ler entrevistas com os cineastas Steven Spielberg e Peter Jackson, comentando sobre a tecnologia e o enredo do filme. Enquanto a publicação não chega às lojas, o site da Empire publicou trechos da conversa com o produtor e o diretor de 'As Aventuras de Tintim: O Segredo do Licorne'.


"Com o live-action (atores reais), você teria atores tentando ser o Capitão Haddock e Tintim. Você teria que escalar pessoas que se parecessem com eles", explica Jackson. "Não será exatamente como o Tintim que Hergé desenhou. Vai ser um pouco diferente. Com CGI (computação gráfica) podemos trazer o mundo de Hergé para a vida, mantendo os rostos caricaturados, mantendo tudo como Hergé inventou, mas fazer isso mais próximo da realidade".

Então, o que podemos esperar da história? Aqui está o depoimento de Spielberg: "A primeira parte do filme, que é a parte mais misteriosa, com certeza deve muito não só para o cinema noir, como para o inteiro teatro bretchiano alemão  algumas de nossas cenas noturnas e nossas cenas de ação são muito contrastantes. Mas, ao mesmo tempo, o filme é um aventura dos infernos".

O filme é co-estrelado por Simon Pegg e Nick Frost, que representam Dupont (Thompson) e Dupond (Thomson), respectivamente. "Quando as pessoas ouviram pela primeira vez sobre aquela escalação, pensaram que nós tínhamos ficado loucos", comenta o produtor Peter Jackson. "Os gêmeos (!) Dupondt não podem ser clones um do outro. Nick e Simon providenciaram todas as diferenças que precisávamos para realçar cada um. Eles têm um momento maravilhoso no filme, onde começam a ter uma discussão sobre de quem é parceiro de quem".

A Empire também questionou os cineastas sobre as próximas aventuras de Tintim nos cinema. Jackson, falou sobre os possíveis álbuns que servirão de inspiração para a sequência, planejada para ser dirigida por ele. "Um dos meus preferidos é 'As Sete Bolas de Cristal', tanto que é o que eu sempre estive pensando", diz ele. "Eu também gosto muito [dos álbuns] da Europa Oriental, dos Balcãs, como 'O Cetro de Ottokar' e 'O Caso Girassol'. Eu acho que é um cenário fantástico para um filme de suspense, a estranha política dos Balcãs e os misteriosos agentes do serviço secreto. Acho que os [álbuns da] Lua são ótimos, mas seria bom para o terceiro ou quarto filme de Tintim, se chegarmos até lá. Queremos manter os pés no chão um pouco mais".
Compartilhe:

5 comentários:

  1. Baseado nos comentários do Jackson, se houver continuação, arrisco que os álbuns adaptados serão "As Sete Bolas de Cristal" e sua continuação "O Templo do Sol".

    ResponderExcluir
  2. Os Dupondt gêmeos? Peter Jackson não leu aquele especial do "Tintim por Tintim" (na época "As Aventuras de Tintim") que comprovava que eles não são nada gêmeos. rsrs

    Pelo jeito, o desejo de muitos tintinófilos se realizará no que diz respeito aos álbuns escolhidos para o segundo filme. Realmente seria excelente se "As Sete Bolas de Cristal" e o "O Templo do Sol" fossem adaptados para as telonas. Eles estão entre os meus favoritos.

    Até mais.

    ResponderExcluir
  3. Torço para que As 7 Bolas de Cristal e O templo do Sol sejam os escolhidos para a sequência!

    ResponderExcluir
  4. Finalmente novidades! Estava ansioso para ver o visual do filme e me surpreendi positivamente. Agora é torcer para uma adaptação fiel. Depois se pensa em uma continuação...

    ResponderExcluir
  5. Oi pessoal, acho o seu site o maximo, eu adoro tintim, sou da colombia e abrí tambem um blog em español sobre tintín .

    http://elsecretodelunicornio.blogspot.com

    parabéns pelo site!!!!

    ResponderExcluir

Fique à vontade para soltar o verbo, marujo!

Translate

Veja também

Veja também
Site oficial de Tintim

Arquivo TPT