sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Tintim volta como Tintin em Portugal

De acordo com um comunicado divulgado esta semana pelas Edições Asa, de Portugal, os álbuns da série "As Aventuras de Tintim" voltarão a ser publicados no país. Mas além da republicação, a editora anuncia que o personagem ganhará uma alteração em seu nome, passando a se chamar Tintin (com "N" no final).

As futuras edições, que começam a chegar às lojas em setembro, terão um novo formato e novas traduções. Segundo o anúncio, a editora está preparando "um evento para o qual se espera contar com a presença e participação dos fãs de Tintin”.

Desde que começou a ser publicado fora do eixo franco-belga, o personagem criado por Hergé foi sendo renomeado de acordo com os gostos, costumes e idiomas de cada país que o publicava. Na primeira edição portuguesa, por exemplo, ele foi batizado como "Tim-Tim"; em alemão se chama "Tim", em neozelandês "Kuifje" e em espanhol Tintín (com acento agudo no "i"). Em todos os países de língua portuguesa, o personagem se tornou conhecido pelo nome Tintim (com "M" no final), como é chamado no Brasil até hoje.

A mudança que ocorreu em Portugal reflete uma tendência que tem grandes chances de chegar a outros países, incluindo o nosso. A tirar pelo exemplo de grandes franquias internacionais, até no Brasil o personagem pode ter a grafia de seu nome alterada. Isso já aconteceu por aqui com alguns personagens tão ou mais famosos que o repórter, como o Ursinho Puff (que virou Pooh), a fada Sininho, de "Peter Pan" (que se tornou Tinker Bell em suas aventuras solo) e um grande e pouco conhecido exemplo: Brocoió e Serafina (que logo se tornaram o famoso casal Popeye e Olívia).

A propósito: Vale lembrar que o próprio Tintim já passou por esta experiência no Brasil, quando foi lançado em DVD por duas vezes, a primeira pela Vídeo Brinquedo e a segunda pela Editora LogOn. Em ambos os casos, o título da série foi traduzido "As Aventuras de Tintin". Segundo explicação da LogOn, a grafia "Tintim" surgiu quando era costume traduzir os nomes dos personagens, e que "hoje esse tipo de tradução não é mais utilizada". Nem todos ficaram convencidos.

:: Nota: Clique aqui para ver um antigo post publicado no blog sobre a polêmica "Tintin x Tintim".
Compartilhe:

2 comentários:

  1. Apesar das possibilidades e de não ter uma opinião formada sobre qual nome gosto mais (Tintin ou Tintim), espero que não haja mudanças neste sentido aqui no Brasil. Lembro que estranhei muito quando trocaram o nome do Puff para Pooh. Apesar de ser bem infantil, gosto muito do desenho animado e isso me incomodou bastante na época. Mas é claro que tudo é uma questão de tempo e logo o costume com a novidade passa a existir. E no caso de Tintim é ainda mais simples, pois a alteração seria apenas na grafia e não na pronúncia.

    ResponderExcluir
  2. Juro que não conhecia o passado de Popeye e Olívia! Brocoió? Que horror! Nesse caso a alteração foi benéfica!

    ResponderExcluir

Fique à vontade para soltar o verbo, marujo!

Translate

Veja também

Veja também
Site oficial de Tintim

Arquivo TPT