terça-feira, 31 de agosto de 2010

Portugal lança Tintin (com "N")

A editora portuguesa Asa está lançando, pela primeira vez, os álbuns de Tintim em nova tradução, incluindo um "novo" nome para o personagem. Agora chamado Tintin, como na versão original, em francês, o personagem de Hergé tem suas aventuras republicadas no país durante o mês de setembro. De início serão lançados seis números, em ordem cronológica, começando por "Tintin no País dos Sovietes", cuja capa você vê abaixo.


Outra novidade nas edições da Asa é o formato dos álbuns, que passa para 16x22 cm, bem menor que o tradicional. Só para comparar, as edições da brasileira Cia das Letras possuem 22x29,5 cm, e já são ligeiramente menores do que as antigas edições em capa dura da Record, que tinham 22,5x30 cm (contando pela capa). É claro que entram aí questões comerciais, tanto que o preço divulgado também diminui, para 8,90 euros.

Veja as outras capas no blog português O Tintinofilo.


ATUALIZAÇÃO: Veja as primeiras impressões sobre o álbum em novo formato e tradução no blog Leituras de BD.


Compartilhe:

4 comentários:

  1. "Tintim no País dos Sovietes"! O álbum que pretendo adquirir em breve, para dar início à minha coleção. Afinal, é muita contradição me autodenominar um tintinófilo e não ter um álbum sequer na prateleira.

    Britto, atualmente são apenas os álbuns da Cia. das Letras que estão disponíveis por aqui, não é isso?

    Sobre o post, você sabe o que os tintinófilos portugueses acharam da mudança?

    Até mais.

    ResponderExcluir
  2. JR, trate de comprar logo seu primeiro álbum! Eu sugiro que comece por outra aventura, como Os Charutos do Faraó ou O Caranguejo das Tenazes de Ouro. A menos que prefira seguir a ordem cronológica... Mas o importante é que você adquira logo, ou não fará jus ao nome que carrega...

    Novos, só da Cia das Letras. Edições da Record e da Flamboyant (estes os mais raros) só pelo Mercado Livre ou sebos. Uma dica: no banner abaixo das bandeiras ali à direita tem um link para procurar os álbuns mais baratos...

    Agora sobre o post, ainda não vi comentários negativos por parte dos portugueses. Se fosse por aqui...

    ResponderExcluir
  3. Achei dois links com comentários sobre a tradução:

    http://paginasdesfolhadas.blogspot.com/2010/08/asa-traz-tintin-de-volta.html

    http://bongop-leituras-bd.blogspot.com/2010/08/tintin-vol1-tintin-no-pais-dos-sovietes.html

    ResponderExcluir

Fique à vontade para soltar o verbo, marujo!

Translate

Veja também

Veja também
Site oficial de Tintim

Arquivo TPT