segunda-feira, 10 de maio de 2010

Blog responde: 10 livros sobre Hergé



Já faz algum tempo que essa seção não é atualizada. Peço desculpas aos leitores que não tiveram suas perguntas respondidas até agora. Mas a partir de agora, estou voltando a fazer esforços para conseguir postar todas as respostas às dúvidas dos tintinófilos...

Para começar, o blog atende a um pedido feito há alguns meses por um leitor (cujo e-mail eu perdi - se for você, identifique-se). A questão é bem apropriada ao mês do aniversário de Hergé, já que ele quer saber a respeito dos livros biográficos sobre o autor, sejam eles em português ou não. Bom, são muitas as biografias dedicadas ao criador de Tintim - e poucas foram traduzidas para a língua portuguesa. Mas já que o colega pede sugestões de livros também em outros idiomas, seguem abaixo onze títulos que estão entre os mais conhecidos:

1. Hergé: Filho de Tintim (Hergé: Fils de Tintin) - 425 páginas. Autor: Benoît Peeters. Escrito por um dos amigos e colaboradores de Hergé, este livro foi a primeira obra biográfica sobre o desenhista belga a ser traduzida para o português. Lançado em Portugal em 2007, pela Editorial Verbo.

2. Tintin et Moi: Entretiens avec Hergé - Autor: Numa Sadoul. Publicado pela primeira vez em 1975, traz as entrevistas realizadas com Hergé em 1971, que originaram o documentário Tintin et Moi. Em 2004, a Casterman (que publicou a primeira versão) relançou a obra na França.

3. Le Monde de Hergé - Também escrito por Benoît Peeters, foi publicado originalmente em francês, mas depois traduzido para o sueco e o inglês (1992). Conta a história do autor por meio de ilustrações.

4. Les guerres d'Hergé: Essai de paranoïa-critique - Autor: Maxime Benoît-Jeannin. Lançado em 2007, esta obra polêmica trata da associação de Hergé com o fascismo hitleriano, confirmando também que o autor propagava em suas histórias a apologia ao anti-semitismo, colonialismo, anti-sovietismo, assim como a ideia da ascenção na Nova Ordem do Homem Branco.


5. As Aventuras de Hergé (Les Aventures d'Hergé) - 64 páginas. Roteiro: José-Louis Bocquet e Jean-Luc Fromental. Desenhos: Stanislas. Biografia de Hergé contada em quadrinhos. Publicada originalmente em francês em 1999, ganhou uma edição traduzida para o português (de Portugal) 2003. Em 2007, foi re-editada, aumentando o número de páginas para 72. Veja uma página clicando aqui.

6. Hergé: The Man Who Created Tintin - 288 páginas. Autor: Pierre Assouline. Lançado em 2009, este livro faz uma análise profunda sobre a vida de Hergé, baseando-se em documentos pessoais do cartunista belga. Disponível em inglês, português e francês.

7. Hergé: Lignes de Vie - 1003 páginas. Autor: Philippe Goddin - que trabalhou como secretário geral dos Estúdios Hergé. Lançado em 2007 pelas Éditions Moulinsart como parte das celebrações do centenário de Hergé, o livro é resultado de uma pesquisa realizada por três décadas, com base em arquivos inéditos da família Remi, incluindo fotografias pessoais e correspondências - tudo com o apoio de Fanny Rodwell, viúva do desenhista. O objetivo deste livro é colocar Hergé dentro do contexto histórico e político e mostrar sua importância artística. O livro, produzido pela Les Èditions Moulinsart, faz parte das celebrações do centenário de Hergé.


8. The Adventures de Hergé, Creator of Tintin
- Autor: Michael Farr. Lançado em 2007, em comemoração ao centenário de Hergé, contém 127 páginas de textos e ilustrações sobre a vida do criador de Tintim
.

9. Hergé Correspondance - 191 páginas. Autores: Edith Allaert e Jacques Bertin. Editado pela Duculot em 1989, reúne dezenas de cartas recebidas e emitidas por Hergé. Entre os remetentes estão Tchang-Tchong Jen, que inspirou a criação do personagem Tchang. O último capítulo traz cartas que tentam traçar um retrato psicológico de Hergé.

10. Hergé par Hergé - 1050 páginas. Para marcar o centenário do nascimento de Hergé, e a exposição no Centro Pompidou (06/12/06 a 19/02/07), as Éditions Moulinsart lançaram um catálogo que traça a evolução gráfica do autor. Este grande volume traz 800 ilustrações em cores, acompanhadas de comentarios do próprio Hergé.


Além destes 10, dezenas livros biográficos e teóricos sobre Hergé e Tintim foram escritos em francês, mas poucos foram traduzidos para outras línguas. As poucas edições em português foram lançadas apenas em Portugal, sendo que nós, brasileiros, ainda não tivemos a chance de ler um relato completo sobre a vida do autor. Uma lástima.

:: Quem tiver mais sugestões de livros ou perguntas sobre outros assuntos, pode enviá-las para contatobritto@hotmail.com. Pode demorar, mas o blog responde!

Com informações dos sites: O Tintinófilo, Tintin Boutique e Tintin.com.
Compartilhe:

3 comentários:

  1. Ótimo post. Particularmente fiquei muito curioso para conferir "As Aventuras de Hergé" (Les Aventures d'Hergé), "Les guerres d'Hergé: Essai de paranoïa-critique" e "Hergé: Lignes de Vie". Todos parecem ser muito interessantes.

    Também acho uma lástima, nenhuma destas obras ter sido traduzida para o português brasileiro.

    Boa semana!

    ResponderExcluir
  2. É uma pena que nenhuma biografia de Hergé tenha sido publicada no Brasil. Mesmo que fosse a tradução de Portugal, já seria alguma coisa...
    Espero que com a chegada dos filmes a coisa mude um pouco!

    ResponderExcluir
  3. Je vous suggère ce livre auquel j'ai collaborer de près(idée originale et recherches)
    parue en 2010 (seulement en français) mais avec plusieurs photos inédites du séjour d'Hergé au Canada (Montréal,Québec) en avril 1965... Sugiro este livro que eu trabalho perto (idéia original e pesquisa)
    publicado em 2010 (apenas em francês), mas com vários estadia de Hergé novo no Canadá fotos (Montreal, Quebec) em abril de 1965. Resumo Após a chegada do primeiro Tintin em Quebec, jovens aqui são reconhecidos nas aventuras de um jovem repórter. A enorme casa ocupada pelo herói de Hergé na "Belle Province" reflete a efervescência social e cultural que nos inspirou, no final de 1950 e início da década seguinte. Quantos meninos jovem descompactado Explorers on the Moon sob a árvore de Natal? Como o elenco de personagens criados por Hergé formado Será que a imaginação das crianças da Revolução Silenciosa? Tintin fez as coisas acontecerem. E, claro, Hergé não suspeitava de nada - até que sua viagem a Quebec, em abril de 1965.
    Este livro, ricamente ilustrado, é concebida como um log de ​​Quebec golfe Tintin e seu criador. Ele oferece uma viagem nostálgica ao coração de tesouros de nós, a partir do site do Jardim das Maravilhas Manic Lafontaine Park, através Expo 67 e as primeiras feiras do livro em Montreal, onde ele também atravessa Quebec personalidades de renome.Esta história é antes de tudo uma aventura em que Tintin, fiel a si mesmo, a ser lançado de cabeça!
    http://livre.fnac.com/a3077450/Tristan-Demers-Tintin-au-Quebec-Herge-au-coeur-de-la-Revolution-tranquille#ficheDt

    ResponderExcluir

Fique à vontade para soltar o verbo, marujo!

Translate

Veja também

Veja também
Site oficial de Tintim

Arquivo TPT