quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Novas paródias de Tintim a caminho

No ano passado, o cartunista conhecido na França como Gordon Zola foi processado pela Sociedade Moulinsart. A disputa judicial continua, e o objetivo da empresa é impedir a publicação da série em quadrinhos Les Aventures de Saint-Tin et son ami Lou, que faz clara referência à obra de Hergé. Apesar disso, o autor continua sua saga, e depois de lançar em novembro de 2009 os títulos "Les Poils mystérieux" e "L’ire noire", agora publica um novo volume: "L’affaire tourne au sale".

Em fevereiro de 2009, a Moulinsart exigiu a proibição da série, a destruição de todas os volumes em estoque, e acusou o editor e o parodista de falsificação, plágio, adaptação literária e parasitismo. Em julho, o caso foi a tribunal, e o autor foi absolvido das acusações de falsificação, plágio e adaptação literária. Porém, Gordon Zola e sua editora, a Léopard Démasqué, foram condenados por parasitismo, e tiveram de pagar uma quantia de 40.000 euros aos herdeiros de Hergé, em compensação ao prejuízo econômico supostamente causado. O parodista recorreu da decisão em outubro de 2009, e um novo julgamento está programado para maio.

"Gordon Zola e seus editores não estão dispostos a se curvar diante dos ditames abusivos que a sociedade Moulinsart tenta impor às paródias e análises", diz Gordon Zola ao Le Parisien. "A paródia é um direito. O tribunal reconheceu o conceito de paródia para a série de Saint-Tin".

Fonte: Objectif Tintin.

Compartilhe:

0 comentários.:

Postar um comentário

Fique à vontade para soltar o verbo, marujo!

Translate

Veja também

Veja também
Site oficial de Tintim

Arquivo TPT