COLEÇÃO DE FIGURAS DE TINTIM FINALMENTE NO BRASIL

Todos os detalhes do lançamento da Planeta DeAgostini

ÁLBUNS DE TINTIM EM PRETO-E-BRANCO CHEGAM AO BRASIL

Globo Livros lança réplicas das versões originais de Tintim

ESCUTE AQUI!

Série inédita baseada em "O Lótus Azul" é transmitida no rádio

PELA PRIMEIRA VEZ EM CORES

Veja a capa da nova edição de "No País dos Sovietes"

AS ATADURAS DE TINTIN

Infográfico reúne todas as pancadas que Tintim já levou

TPT ENTREVISTA ISAAC BARDAVID

Assista o bate-papo com o dublador do Capitão Haddock

TPT ENTREVISTA O PRIMEIRO TINTIM DO CINEMA

Jean-Pierre Talbot fala tudo sobre os únicos filmes de Tintim com atores reais

70 ANOS DO JOURNAL TINTIN

Publicações e eventos marcam o aniversário da revista

TPT ENTREVISTA O DUBLADOR DE TINTIM

Oberdan Jr conversa com o blog em vídeo de duas partes. Confira!

terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Última postagem do ano...

Olá mais uma vez, marujos de água doce!

Nesta última postagem de 2008, não tenho muito a dizer, a não ser agradecer pela participação de todos. Sei como é grande a responsabilidade de manter um blog sobre Tintim, ainda mais sendo (até onde eu sei) o único do Brasil em atividade. Espero estar agradando a maioria, pois sei que a todos é impossível...

Em 2009, espero trazer boas notícias sobre nosso famoso repórter e o universo criado por Hergé. Torço pela adaptação para o cinema - que saia logo, e não decepcione! -, e também por mais novidades - quem sabe a volta da série à TV, ou algo tão bom quanto!

Enfim, quero que todos os leitores do blog As Aventuras de Tintim continuem visitando, comentando, dando sugestões e fazendo críticas construtivas. Mais uma vez obrigado e...

Compartilhe:

domingo, 28 de dezembro de 2008

Tintim e a Alfa-Arte 4

Haddock continua sua fugindo de Bianca. Encontrando a Madame na cidade, o Capitão não vê outra saida, a não ser entrar numa galeria.

Mas será que ele conseguirá se livrar da caríssima amiga?! Veja a seguir, na quarta página da aventura, onde já é apresentado o criador da Alfa-Arte:

.: Curiosidade: O Capitão se apresenta aqui com seu nome completo. Para quem não sabe: Archibald Haddock...

P.S.: Como eu disse antes, a quinta página, só em 2009. Até lá, divirta-se com as primeiras quatro páginas do pastiche "Tintim e a Alfa-Arte"!
Compartilhe:

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Pra passar o tempo...

... desenhos de Gianfranco Goria, cartunista italiano (clique para ampliar):
Bem apropriados para o momento, não acha?! Dá até pra usar como cartão no ano que vem...
Compartilhe:

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Tintim e a Alfa-Arte 3

O Capitão Haddock é mesmo capaz de tudo para fugir de Bianca Castafiore!

O Rouxinol Milanês, como é conhecida a madame, não anda sem seus criados, e tem uma mania terrível: ela sempre esquece a pronúncia do nome do Capitão...

Em "Tintim e a Alfa-Arte" ela também faz sua participação. Depois de ter um pesadelo com a cantora lírica, como você viu nas páginas anteriores, o velho lobo do mar descobre que ela pode estar a caminho, e com isso decide... bom, vou deixar que você leia:

Adaptação

Nesta página, algumas edições tiveram de ser feitas. Por exemplo: no primeiro quadrinho da segunda linha, Bianca, como de costume, erra os nomes de Haddock e Girassol. Só que ao invés de dizer Girassoppy, como na tradução, na versão em inglês ela diz "Calculoppy", já que por lá o Professor é conhecido como Calculus.

Já no último quadrinho da página, onde Haddock entra numa loja, o letreiro dizia "Galerie", que foi traduzido para Galeria.

P.S.1: Respondendo ao comentário da leitora Bianca: a qualidade das imagens já vem do arquivo original. Pelo menos o que eu baixei, uma versão PDF em inglês, traz imagens um pouco pixelizadas. Por isso, não há muito o que fazer. Porém, vou procurar uma forma de melhorá-las. Aceito sugestões...

P.S.2: Devido ao feriado - que você provavelmente não vai querer passar na frente do computador -, a página 4 da aventura "Tintim e a Alfa-Arte" só será publicada no domingo, dia 28, e após isso retornaremos no início de 2009, provavelmente entre os dias 2 e 3 de janeiro. Continue acompanhando!

Compartilhe:

Presente aos tintinófilos...

Compartilhe:

domingo, 21 de dezembro de 2008

Tintim e a Alfa-Arte 2

Assim como os álbuns originais de Hergé, a versão pastiche de "Tintim e a Alfa-Arte" é composta de 62 páginas. Na trama, que começou a ser publicada no blog nesta sexta-feira, Tintim e Haddock conhecerão a Alfa-Arte, toda baseada em letras do alfabeto. Nas próximas postagens será apresentado o artista jamaicano Ramo Nash, e mais um mistério a ser resolvido pelo nosso repórter favorito.

Continue acompanhando a história, agora com a segunda página, onde o pesadelo do Capitão quase se torna real:

Ainda essa semana, confira a terceira página da aventura!
Compartilhe:

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Tintim e a Alfa-Arte 1

Oi, marujo!

A editora Cia das Letras lança esse mês o álbum Tintim e a Alfa-Arte, com esboços, desenhos e anotações feitos pelo próprio Hergé. "Isso eu já sei", talvez diga. E com certeza sabe também que o álbum não foi finalizado devido à morte do cartunista...

Mas a partir de agora, você terá a oportunidade de ler online - exclusivamente através deste blog - "Tintim e a Alfa-Arte" finalizado, colorido e traduzido. Como explicado anteriormente, não é um álbum oficial de Hergé, mas sim a versão pastiche de Yves Rodier, em homenagem ao criador de Tintim. Algumas adaptações de texto tiveram de ser feitas por mim, mas o básico foi mantido, como os nomes dos personagens e o contexto geral.

Segue abaixo a primeira página - clique para ampliar. Todas as páginas, baseadas no argumento e nos esboços de Hergé, serão publicadas aqui no blog, junto com informações adicionais e curiosidades. Aproveite a oportunidade e boa leitura...
Não perca, neste domingo, a segunda parte desta aventura!

P.S.: O que achou?! Precisamos melhorar??? Quero saber sua opinião, por favor, comente!
Compartilhe:

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Tintim e a Pirataria

Não, eu não vou falar sobre os comparsas de Rackham, o Terrível, inimigos de Sir. Francis Haddock! A pirataria que será tratada aqui é a mais comum hoje em dia, também conhecida como plágio.

Mas além desse termo , existem outras expressões utilizadas para definir o "ato de copiar, ou homenagear": o pastiche e a paródia.

Hergé e Tintim são, provavelmente, as maiores "vítimas" de piratarias, pastiches e paródias da sua obra. O sucesso e a limitação legal imposta por Hergé à sua obra talvez expliquem as inúmeras reproduções das aventuras de Tintim.

Um dos exemplos mais conhecidos é o episódio Tintin e a Alfa-Arte (Tintin et l'Alph-Art), que seria a vigésima quarta obra de Hergé, mas ficou incompleta devido à sua morte.

Como seu argumento está disponível ao público (inclusive a Cia das Letras o lançou recentemente no Brasil), outros desenhistas têm a oportunidade de "completar" a obra. Surgiram assim três versões: uma de Ramo Nash, a segunda de Yves Rodier e a última da Escola de Belas Artes de Paris (só disponível em CD-Rom).

O site Tintin est vivant, que se dedica às pastiches, paródias e piratarias de Tintin, define com precisão estes termos:
Pirata: edição que reproduz as vinhetas originais, mas que não paga direitos de autor (exemplo: o álbum das Éditions Jean Lafitte, de apenas 1.000 exemplares, "Le Naufrage du Licorne" que reproduz tiras do álbum "O Segredo do Licorne" publicados no jornal Le Soir);

Pastiche: Imita os traços do autor original (exemplo: "O Lótus Rosa", que mostra um Tintim considerado pervertido, já que experimenta as relações sexuais e se transforma num decadente paparazzo);

Paródia: Transformação de um obra pré-existente numa faceta burlesca, lúdica ou satírica (exemplos das diversas homenagens a Hergé ou Tintim feita por diversos autores).

Fonte: Tintinófilo
Conheça um Pastiche

Conforme prometido, trago uma surpresa para os leitores do blog. Não é nada fenomenal, mas para quem nunca leu "Tintim e a Alfa-Arte", pode ser um bom divertimento. Trata-se da versão do álbum adaptada por Yves Rodier, e traduzida para o português por este desocupado tintinófilo que vos fala...

Hergé trabalhou no álbum até sua morte, em 1983, deixando-o inacabado. Os esboços e argumentos foram publicados pela Casterman em 1986, em associação com a Fundação Moulinsart, e em 2004 foram republicados - a mesma edição chega esse mês ao Brasil.

Yves Rodier sempre foi admirador de quadrinhos, principalmente de Hergé. O escritor canadense começou sua carreira fazendo pastiches das Aventuras de Tintim. Eram obras ilegais, por não ter autorização da Moulinsart, por isso seu objetivo de publicá-las oficialmente não foi alcançado. Porém, sua alta qualidade fez com que Rodier entrasse em contato com os antigos colaboradores de Hergé: Bob de Moor, Jacques Martin e Greg.

Tintim e a Alfa-Arte foi o primeiro pastiche realizado por Rodier, totalmente baseado no argumento e estilo de Hergé. Foi publicado em 1986 em preto-e-branco, mas grupos de fãs logo trataram de colori-lo e traduzi-lo para outros idiomas. Atualmente está disponível para download em algumas línguas, como o espanhol, inglês, e francês, mas eu estou trabalhando na tradução e adaptação do texto e pretendo publicar este pastiche completo aqui no blog. Espero que gostem do resultado!

Para começar, só um aperitivo... Conheça a capa do álbum de Rodier.
Uma sugestão: visto que as imagens que serão publicadas aos poucos aqui, clique sobre elas, salve em seu computador, e tenha esta obra completa, traduzida e colorida à sua disposição!

Fonte: Wikipédia
Compartilhe:

domingo, 14 de dezembro de 2008

Estamos chegando...

Oi, tintinófilos!

O blog passou um tempo sem atualizações, mas não se preocupem! Já, já estaremos de volta com muitas novidades. Estou aproveitando esse período para preparar novos especiais para o blog As Aventuras de Tintim, afinal, foi isso que você pediu por meio de nossa enquete.

E fique conectado, porque sempre que sair uma nova notícia relacionada ao universo Hergé, traremos as informações para você!

Abraços, Marujos!

P.S.: Lembra da novidade que eu prometi há um tempo atrás?! Alguns leitores até chutaram o que seria, mas prometo trazer a revelação ainda essa semana. Se ligue amanhã aqui no blog!
Compartilhe:

sábado, 29 de novembro de 2008

Obra de Hergé vai a leilão

Entre os itens estão cartas, cartões postais, pinturas, estatuetas, storyboards e esboços.

Georges Remi Jr., sobrinho de Hergé (também chamado Georges Remi), levou a leilão esboços, fotografias e cartas de seu tio, como informa a agência France-Presse. Remi Jr., que vive na Normandia, disse que tinha "algumas dúvidas" sobre a venda de itens do seu tio, mas admitiu que agora 'quer virar a página'.

Dentre os 300 itens leiloados estão cartas de Hergé a sua primeira esposa, Germaine Kieckens, bem como a outros dois co-fundadores da revista Tintin: Edgar P. Jacobs - criador da "Blake e Mortimer", que influenciou a obra de Hergé - e Edouard Van Nijverseel, o primeiro diretor artístico da revista.

Segundo o porta-voz Marcel Wilmet, o Hergé Studios, liderado por Fanny Rodwell, os materiais são de "grande interesse para historiadores", mas não para o Museu Hergé, atualmente em construção no centro da Bélgica, em Louvain-la-Neuve.

Edições originais dos álbuns de Tintim também foram vendidos no leilão organizado pela Artcurial, que em março vendeu uma pintura de "Tintim na América" (clique na imagem para ampliar) por 764.200 euros - o equivalente a cerca de 2.260.000 reais!

"Meu trabalho me faz mal"

De acordo com o jornal britânico Teplegraph, as cartas de Hergé, incluídas entre os itens do leilão, revelam uma fase desconhecida da vida do cartunista. Ele declara seu amor à sua primeira esposa, confessa seu adultério e revela pensamentos privados tristeza de dúvida:

"Eu estou tão cansado", escreveu Hergé em 1947, pouco tempo depois da 2ª grande guerra, época em que sua carreira foi manchada pelo nazismo, já que continuou publicando sua obra em um jornal belga usado para propaganda nazista.

"Há uma total separação entre o que penso e o que invento e desenho", ele escreve depois.

"E agora, meu trabalho me faz mal", disse à esposa em 1947. 'Tintim não me representa mais... Se Tintim continua a viver, é através de uma espécie de respiração artificial que devo manter constantemente e que está me esgotando', completa.

Mas as cartas também revelam seu lado romântico. Em uma delas Hergé diz que seu amor pela esposa o fez "consciente do que é belo e nobre", e até "capaz de poesia".

Em 1948, nuvens cercam o belo casal e mais tarde, da Suíca, Hergé confessa a Germaine seu adultério: "... o dano já foi feito". O casamento durou mais de 40 anos, mas o casal se divorciou em 1977.

Pierre Sterckx, historiador da arte de Hergé disse mais: "Estes documentos são extremamente importantes. Mas eu entendo completamente (dada a sua natureza íntima) que Fanny Rodwell ... não tem nenhum desejo de se tornar sua dona."

Para saber mais, clique aqui e aqui. Texto em inglês.
Compartilhe:

Cia das Letras completa coleção Tintim!

De Sidney Gusman, Universo HQ.
Pouco mais de três anos após ter iniciado a publicação dos álbuns de Tintim, a Companhia das Letras encerrará a coleção em dezembro, lançando os últimos quatro volumes: Tintim e os Pícaros, Vôo 714 para Sydney e os inéditos no Brasil No país dos sovietes e Tintim e Alfa-Arte. Todos foram traduzidos por Eduardo Brandão e a tiragem de cada um é 5 mil exemplares.

No País dos Sovietes (formato 22 x 29,5 cm, 144 páginas, R$ 42,00) é o primeiro álbum do personagem que imortalizou o belga Hergé (pseudônimo de Georges Rémi) e mostra um Tintim ainda bastante diferente do que seria consagrado mundialmente anos depois. Na história, em preto-e-branco e cuja publicação começou em 10 de janeiro de 1929, o jovem repórter e seu cão Milu viajam à Rússia para desmascarar o regime soviético. Mas terão que enfrentar muitos atentados bolcheviques.

O também inédito Tintim e Alfa-Arte (formato 22 x 29,5 cm, 64 páginas, R$ 36,00) apresenta a reprodução dos croquis de Hergé para o que seria a trama central da última aventura de seu maior personagem. O jovem repórter investiga a morte do dono de uma galeria de arte e se envolve numa aventura que ficou inacabada, interrompida pela morte do seu criador, em 1983. Desenhos descobertos nos arquivos do autor revelam os bastidores do processo criativo e até hesitações que ele teve enquanto construía a trama.

Em Tintim e os Pícaros (formato 22 x 29,5 cm, 64 páginas, R$ 36,00), o Capitão Haddock, o Professor Girassol e Tintim investigam por que a cantora Bianca Castafiore, em turnê pela América do Sul, foi presa em San Teodoro, acusada de participar de um complô contra o regime do general Tapioca.

Finalmente, em Vôo 714 para Sydney (formato 22 x 29,5 cm, 64 páginas, R$ 36,00), Tintim, Milu, Capitão Haddock e Professor Girassol rumam para Sydney, como convidados de honra do Congresso Internacional de Astronáutica. Na escala em Jacarta, conhecem o milionário Carreidas, que os convida para seguir viagem em seu avião particular. É aí que a jornada dos três amigos se transforma numa trama ardilosa, orquestrada por um velho e perigoso inimigo.

Agora, a coleção de 24 álbuns de Tintim está completa. Sem dúvida, um trabalho exemplar da Companhia das Letras.
Compartilhe:

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Serafim Lampião, agente de seguros

Serafim Lampião é um agente de seguros falastrão, pai de uma grande família, cara-de-pau e muitas vezes irritante, sendo geralmente visto como uma forma mais "moderna" de caráter, em contraste com os tradicionais estereótipos do ríspido capitão do mar e do professor distraído...

Baseado num vendedor que realmente bateu à porta da Hergé, o personagem surge tarde na série - sua estréia acontece em O Caso Girassol, quando um defeito em seu carro o faz visitar Moulinsart. Lampião então tenta fazer um seguro do castelo, e essa será sua desculpa para voltar a visitá-lo, o que ocorre de imediato, sem qualquer desculpa, acompanhado por sua numerosa família ou de outros personagens.

Ao contrário da maioria dos personagens, Serafim tem um papel incomum nos álbuns, onde é relativamente um ser humano comum (não sendo criminoso, excêntrico, político ou famoso) - característica que facilitou a interposição de uma forma mais realista de humor em algumas tramas.

Como bom vendedor de seguros que é, Lampião muitas vezes tenta persuadir os outros personagens a comprá-los. Tintim, que raramente mostra raiva, não se importa. O Capitão Haddock, no entanto, passa por situações memoráveis, como quando diz que tem seguro de todo tipo, menos contra os vendedores de seguros...

Ele adora ouvir as suas próprias piadas e se considera um mestre de todos os hobbies. Sua auto-importância e insensibilidade irrita o Capitão Haddock, que o considera frustrante - embora Lampião acredite piamente ser um grande amigo seu.

Na maioria das vezes, Serafim Lampião entra na história sem ser chamado. Aparece sempre nos piores momentos - o que não quer dizer que esteja diretamente relacionado com o curso dos acontecimentos. Isso acontece, por exemplo, em seu álbum de estréia, onde aparece três vezes: primeiro se auto-convidando para entrar em Moulinsart, depois interferindo numa transmissão de rádio, e por fim, indo de malas prontas para o castelo do capitão, em férias junto com sua vasta sua família - isso sem avisar a ninguém, é claro...

Curiosidades:

Serafim Lampião sempre cita seu tio Anatole, que era barbeiro.

O personagem é também retratado, algumas vezes, como um turista estúpido nos lugares exóticos onde Tintim e o capitão vivem suas aventuras.

Ele é aficcionado por rádio, presidente do "Clube do Volante", e membro de um grupo carnavalesco.

Participações:

Serafim Lampião aparece em 6 álbuns oficiais de Hergé, muitas vezes em passagens curtas. São eles:

O Caso Girassol;
As Jóias da Castafiore ;
Vôo 714 para Sydney;
Tintim e os Tímpanos;

Lampião aparece também em O Lago dos Tubarões e faz uma breve aparição na última página de Perdidos no Mar, bem como no final do Vôo 714 para Sydney.

Lampião no mundo:
Conheça o nome do personagem em outros países onde Tintim está presente:

Dinamarquês - Max Bjævermose
Espanhol - Serafín Latón
Francês - Séraphin Lampion
Indonésia - Jolyon Wagg
Inglês - Jolyon Wagg
Neerlandês - Serafijn Lampion
Sueco - Serafim Svensson
Português - Serafim Lampião

Fonte: Wikipedia
Compartilhe:

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Tintim e os Simpsons

Publiquei há um certo tempo aqui no blog (mais precisamente em agosto) uma curiosidade. Tinha visto na TV Globinho o desenho Os Simpsons, e me surpreendi com a "participação especial" de Tintim e Milu!

O desenho da família Simpson sempre tem dessas, e no episódio Husbands and Knives, o 7º, da 19ª temporada, as crianças da cidade conhecem a nova loja de livros, quadrinhos e games, "Coolsville".

Enquanto passeia pelo local, Lisa encontra álbuns de personagens conhecidos do público: Asterix e Tintim. Ao abrir o livro Tintin in Paris (inexistente), nosso querido repórter entra em cena, ao lado de Milu - que na dublagem ficou Snowy, mesmo. Há uma referência ao álbum "Rumo à Lua", mas o famoso foguete do professor Girassol vai parar em cima do Centro Pompidou, museu que já homenageou Tintim.

Confira agora o vídeo (em inglês) que mostra um trecho desse episódio, exatamente nos poucos segundos de aparição do nosso herói. Não consegui postar no YouTube, por causa dos direitos autorais, mas veja a partir do Blogger:

Compartilhe:

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Mais imagens do Box

Olá, marujos!

Como disse anteriormente, já chegou o meu box com os 9 DVDs de Tintim, acompanhado do mini-DVD de Tintin na América, ambos lançados pela LogOn Editora Multimídia.

E conforme prometido, trago para vocês mais imagens dos DVDs, incluindo as contra-capas, os erros na embalagem, e até screens dos menus dos discos. Confiram abaixo, e espero que gostem... Ah, clique nas imagens para ampliar!
Contra-capas
Todas seguem o mesmo padrão, com um texto apresentativo, o conteúdo dos discos e ilustrações. Só que ao invés de trazer cenas dos episódios, o que aparece são imagens dos álbuns, conforme você percebe nas figuras abaixo:



Defeitos relevantes
A qualidade do produto é excelente, mas eu não poderia deixar de destacar o que foi motivo de reclamações para alguns tintinófilos. Confira na imagem abaixo a contra-capa da luva do box, e em destaque os nomes que foram escritos de forma errada:

Menus
A primeira imagem se refere ao menu principal do mini-DVD Tintin na América. A segunda mostra o menu de configurações, cujo padrão é seguido em todos os discos, alterando apenas a cor de fundo. As três seguintes mostram os menus de cada temporada. O quadro onde aparecem os personagens é animado, e trechos dos episódios são exibidos, enquanto toca a música de abertura ao fundo. A última imagem mostra o padrão dos menus de episódios, que também são idênticos em todos os discos, mudando apenas as cores de cada temporada.






Como todo fã de Tintim, quando "encontrei" com o box pela primeira fiquei muito contente. Apesar dos pequenos erros - certamente cometidos pela falta de comunicação entre a LogOn e a Nelvana -, vale a pena ter esse tesouro em casa. O box é peça obrigatória na coleção de qualquer tintinófilo, que certamente ficará satisfeito com sua aquisição.

Portanto, adquira já o seu - assim que puder - e delicie-se com todos os episódios das Aventuras de Tintin.
Compartilhe:

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Em breve...

Uma grande novidade vai chegar ao blog! Aguarde...
Só uma dica:
Compartilhe:

sábado, 8 de novembro de 2008

Novidades

Saudações, marujos!

Passei aqui rapidinho para informar que já recebi meu box de "As Aventuras de Tintin", da LogOn Editora Multimídia. O mais rápido possível postarei mais imagens (incluindo contra-capa e menus), além de breves comentários.

Junto com o Box, chegou também o primeiro mini-DVD de Tintim, com a aventura Tintin na América. É uma graça, e eu logo trarei mais informações sobre ele também.

Aguardem as novidades, e aproveitem para qualificar as notícias do blog, na barra que aparece logo abaixo do link de comentários, perguntanto "O que achou?".

Aproveitem também para votar na enquete, e me ajudar a tornar o blog sempre melhor para os tintinófilos! Aceito sugestões e colaborações...
Compartilhe:

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Brasileiro corajoso!

Publiquei aqui a foto de um carinha em outro país que ousou fazer uma tatoo em homenagem a Tintim e perguntei se alguém aqui por essas bandas tupiniquins teriam tamanha coragem... O amor a Tintim seria tão grande a ponto de deixar uma marca eternizada na pele?

Pois é, caros tintinófilos, não é que teve um marujo que ousou façanha?!

A leitora Bianca, por meio de um comentário, postou um link com a foto de Tintim tatuado, se não me engano, na perna de um brasileiro. Confiram:

Clique na imagem para ampliar, e aqui para visitar o álbum do pirata de água doce!

Obrigado, Bianca, pela colaboração!

*Edit: o dono da tatuagem já se pronunciou! Na postagem anterior sobre a tatuagem, com o tema "Quanto você ama Tintim?", o leitor Leicand se identificou como dono dessa perna. Parabéns, você é corajoso mesmo!

Compartilhe:

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Muda tudo em Tintim...

Entram novos financiadores, sai o ator principal e idéia de trilogia é incerta

Omelete

Com a saída da Universal, a Sony Pictures Entertainment e a Paramount Pictures estão negociando para co-financiar Tintim, a adaptação 3-D de Steven Spielberg e Peter Jackson dos quadrinhos do belga Hergé.

Segundo a Variety, se tudo der certo, a Paramount distribuirá o filme nos Estados Unidos e Inglaterra e a Sony ficará com a distribuição internacional. A DreamWorks, agora remodelada, também está fora do projeto.

Com o atraso, Spielberg perdeu Thomas Sangster, que faria os movimentos e a voz do protagonista (a produção, vale lembrar, seguirá os moldes de A Lenda de Beowulf, com captura de movimentos). Outro ator deve ser anunciado em breve, já que o cineasta ainda acredita que conseguirá começar o filme em tempo para um lançamento em 2010.

A mudança de estúdio também parece ter vitimado os planos de Spielberg e Jackson para a franquia. A dupla imaginava uma trilogia, mas tudo indica que os novos parceiros só estão dispostos a arriscarem um filme (o de Spielberg) e a continuação (de Jackson).

A história ainda está longe de terminar...
Compartilhe:

sábado, 1 de novembro de 2008

Agora é a Sony que entra no jogo...


A distribuidora cogita co-financiar com a Paramount a adaptação de Tintim para as telonas!

As companhias Sony Pictures Entertainment e Paramount Pictures cogitam financiar o projeto de adaptação para o cinema em 3-D dos quadrinhos "Tintin", do belga Hergé (1907-1983), informou a revista americana especializada em entretenimento "Variety".

A adaptação é um projeto de Steven Spielberg e Peter Jackson e os estúdios Universal desistiram do financiamento por considerar que a empreitada era pouco rentável.

Após resolver o dilema da separação entre a Paramount e a DreamWorks, "Tintin" voltou a ser uma prioridade para Spielberg, segundo a revista.

A Paramount chegou a oferecer um orçamento de US$ 135 milhões (R$ 289,9 milhões). Nem a Sony nem a Paramount comentam o caso, mas confirmam que a existência de negociações.

Spielberg esperava já estar produzindo o longa, mas agora tem como meta completar "Tintin" a tempo para lançá-lo em 2020. Jackson vai dirigir o filme.

No acordo atualmente em negociação, a Paramount planeja distribuir o filme no mercado norte-americano e em territórios onde se fala o inglês. A Sony ficaria com outros mercados. Contudo, "Tintin" não teria nenhuma associação com a DreamWorks.

Inicialmente, Spielberg e Jackson imaginaram dirigir e produzir três histórias baseadas nas aventuras de Tintin.

Fonte: Folha Online
Compartilhe:

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Quanto você ama Tintim?!

Como diria o ditado, cada maluco com sua mania!

Essa curiosidade eu encontrei no blog Tintin Movie, e fiquei imaginando se algum Tintinófilo aqui por essas bandas seria capaz de tal "ato passional"...

Não sei se é de verdade, mas vejam a imagem abaixo e tirem suas próprias conclusões:



Ah, se você é ou conhece alguém que carrega uma tatoo em homenagem ao nosso querido personagem na pele, comunique-nos e terá sua foto postada aqui!

E eu diria mais, cada louco com sua mania...

Compartilhe:

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Mais rumores sobre a Trilogia Tintim!

Olá, Tintinófilos!

Nossa tão aguardada adaptação de Tintim para os cinemas já enfrentou alguns problemas, que deixaram todos nós preocupados com o destino do personagem nas telonas... Um dos principais problemas é a mudança que está ocorrendo na DreamWorks.

Mas agora surge um novo rumor com respeito ao elenco! Thomas Sangster, que interpretaria nosso herói, pelo visto está mesmo fora do projeto. E as filmagens, que deveriam começar em outubro, ainda nem sonham em andar!!!

Aguarde mais informações em breve, aqui no blog As Aventuras de Tintim!

P.S.: Quero agradecer os comentários dos visitantes do blog. Sua opinião é muito importante, só assim eu sei que estou escrevendo com algum objetivo! Valeu!
Compartilhe:

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Notícias da Log On

A Log On Editora Multimídia forneceu ao blog informações exclusivas acerca dos boxes e dos possíveis futuros lançamentos relacionados ao universo Tintim.

:: Com respeito à ordem dos episódios, a assessoria da editora informa o que eu já tinha dito aqui: A ordem dos episódios foi a mesma utilizada na produção da série. Como seguimos essa ordem, vamos mantê-la no Box. Então, para os mais exigentes, não dá pra esperar uma mudança, seguindo a ordem dos álbuns, como poderia se esperar.

:: Sobre os erros no encarte do box, como a grafia incorreta de nomes dos personagens (Prof. Girassol virou Prof. Calculus), além dos títulos dos episódios alterados ("O Segredo do Unicórnio", "O Tesouro Vermelho dos Rackham"), foi informado para o blog "As Aventuras de Tintim" que os títulos foram extraídos das traduções da Nelvana, licenciadora da série. Quem dublou esses episódios foi a Hebert Richards, e dela é a responsabilidade por “O segredo do Unicórnio”. Já o título “Professor Calculus” será corrigido no próximo lote.

:: Também procurei saber se seria tomada alguma providência quanto ao título, onde foi usado "Tintin", sem o "M" no final - o que deixou alguns tintinófilos insatisfeitos. De acordo com a assessoria, foi uma opção da editora. Em justificativa a editora afirma que a grafia “Tintim” surgiu quando era praxe traduzir os nomes dos personagens. Hoje, esse tipo de tradução não é mais utilizada.

:: Por último, não podia deixar de satisfazer minha curiosidade de tintinófilo e perguntei se a Log On tem planos de comprar os direitos de venda de “O Lago dos Tubarões", e dos filmes em live-action de Tintim "Les Oranges Bleues" e "Le Toison D'Or". A resposta, apesar de não muito reveladora, pelo menos nos dá uma esperança: Estamos analisando essa possibilidade.

Aguardem mais informações em breve!
Compartilhe:

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

LogOn lança mini-DVDs de Tintim

Tintin na América é o primeiro título.

Depois do box com todos os episódios das três temporadas de Tintim, a LogOn Editora Multimídia lançará também aventuras individuais de Tintim em mini-DVDs.

Essa tecnologia traz discos com capacidade de armazenamento menor, cerca de 2 gigabytes - mais ou menos 30 minutos de vídeo -, então cada unidade trará um episódio, de aproximadamente 25 minutos, cada um.

Veja ao lado a capa (em baixa resolução) do primeiro mini-DVD a ser lançado: "Tintin na América". O preço fica entre 9 e 10 reais.

Mais informações em breve...
Compartilhe:

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Resenha e Imagens do Box Tintim

Saudações tintinófilos!

Ao contrário do que podem imaginar, eu ainda não comprei o box com as três temporadas completas de "As Aventuras de Tintim". Mas um amigo meu, Hamilton, do AnimationS Fórum, já adquiriu, e a meu pedido, tirou fotos (clique para ampliar) e escreveu uma breve resenha sobre o conteúdo desse tão desejado lançamento. Confiram abaixo e tirem suas conclusões. Quem já comprou, sinta-se à vontade para comentar!


:: Apresentação:
A LOGON Editora está de parabéns nesse quesito, o box é belíssimo e as temporadas vem em embalagens digipack especiais. São 3 estojos (um para cada temporada) num formato semelhante ao de livros. A caixa invólucro é de papelão bem resistente - que por um lado é bom pra conservar os dvds, mas por outro dificulta a retirado dos estojos, podendo danificá-los se não tiver muito cuidado.


:: Menus:
Os menus são de uma simplicidade franciscana, estáticos, cumprindo as funções básicas e acompanham a identidade visual dos estojos de cada temporada. Poderiam ter investido um pouquinho mais nisso, o que daria um charme maior ao material.


:: Qualidade de imagem e som:
A qualidade de imagem é bem irregular de um episódio para outro, mas nada que comprometa a experiência. Está com a mesma qualidade que conferimos na televisão. A dublagem em português é a aquela que estamos acostumados a assistir na TV. Confesso que estava com medo de terem redublado a série, pois soaria muito estranho no meu ouvido escutar outra voz na boca de Tintin que não fosse a do Oberdan Junior. Infelizmente, é perceptível que não ouve preocupação em remasterizar os episódios.



:: Extras:
Simplesmente não existem, o que é uma pena. Seria obrigatório um documentário sobre as origens de Tintin e sua influência no mundo das histórias em quadrinhos, animação e cinema. Nem mesmo uma comparação entre os álbuns originais e as adaptações animadas existe. Uma pena para um produto tão bem apresentado.

De qualquer forma, apesar dos problemas citados, o fato de termos acesso em DVD à série completa já é algo pra se comemorar muito, fazendo valer o investimento.

Compartilhe:

Translate

Veja também

Veja também
Site oficial de Tintim

Arquivo TPT